Sobre mim

Por mais vulgar que possa parecer, é um facto que o Yoga transformou a minha vida em vários campos e para sempre, quer a nível pessoal quer a nível profissional e até mesmo a nível existencial.

Por mais profundas que tenham sido as mudanças em mim e para mim, a que mais se destacou, pelo menos a mais visível a olho nu, a que costuma servir de medida para as pessoas que nos rodeiam, foi o domínio que adquiri sobre um grave problema de saúde que tenho desde que nasci. Uma escoliose aguda diagnosticada desde cedo, à qual fui submetida cirurgicamente ainda nova o que, devido a dores fortes constantes, me veio limitar a vida diariamente a todos os níveis.

Não conseguia ver um filme no cinema do princípio ao fim como qualquer outra pessoa; não conseguia efectuar as tarefas domésticas mais banais; não conseguia adoptar uma postura direita natural, tinha sempre que fazer um grande esforço para que tal acontecesse, isto tudo, apesar de fazer o que o meu médico cirurgião ortopedista me aconselhou desde sempre, ou seja, praticar natação intensa.

Mesmo assim, ainda sentia dores e a postura ainda não era o que ambicionava e decidi, um pouco por acaso, começar a praticar Yoga. Um dia estava numa livraria e folheei por curiosidade um livro que dizia: Faça Yoga! Fiquei então maravilhada com todas aquelas posturas que me sugeriam serem bastante agradáveis de praticar e serem bastante benéficas para o meu caso em particular.

Foi então que iniciei a minha viagem pelo Yoga. Comecei por praticar em aulas de grupo. Passei por diversas escolas à procura da que mais me completava, até que encontrei a de minha eleição. E aí permaneci. Pratiquei muito, aprendi muito. Fiz diversos workshops sobre o Yoga e a coluna vertebral, sobre a alimentação saudável, sobre meditação, etc… Comecei então a aplicar em mim mesma todos estes conhecimentos e a praticar cada vez mais sozinha em casa até que deixei de vez a natação. Fiz, para isso, uma sessão de Yogaterapia na sala de consulta do meu médico cirurgião ortopedista de modo a convencê-lo de que o Yoga era mais benéfico para mim que a natação intensiva…e consegui! 

Passado algum tempo apercebi-me da vastidão dos benefícios que o Yoga nos pode proporcionar. Dei conta de que, para além de ter eliminado as dores de vez e de ter corrigido na totalidade a minha postura, me concentrava mais facilmente, dormia melhor, a minha musculatura ficou bastante forte e definida e acima de tudo, adquiri mais auto confiança, uma maior auto estima e um bem estar generalizado permanente quase “incompreensível” em determinadas situações.

Foi então que começaram a “chover pedidos” de pessoas amigas e conhecidas para que eu lhes desse aulas de Yoga. E dei! Com bastante precaução, pois não tinha ainda tirado o curso de Professora. Gostaram tanto das minhas aulas que posteriormente me convenceram, de facto, a formar-me como Professora de Yoga. Abandonei a profissão que exercia, empenhei-me e formei-me novamente, agora em Yoga.

Descobri, depois de me formar em Yoga, a razão de ser de minha existência…ajudar o próximo através das práticas do Yoga. Especializei-me em aulas personalizadas particulares onde posso utilizar a fundo esta ciência milenar na prevenção e recuperação da saúde dos meus alunos e alunas.

Após alguns milhares de aulas dadas, depois de ter mudado a vida e a saúde de inúmeros seres humanos, em 2016 fiquei apta e reconhecida internacionalmente para formar novos Professores de Yoga e iniciei uma nova etapa na minha vida.